Instagram Facebook

Mulheres de Minas – Dona Terezinha



Conhecemos a Dona Terezinha durante a 24ª Feira Nacional do Artesanato, em Dezembro de 2013. Artesã e cozinheira de mão cheia, essa simpática e entusiasmada senhora tem muita história para contar.

Dona Terezinha

Impressionados com a qualidade dos bordados, não perdemos tempo e encomendamos, já para a Seleção Oh!Minas de Janeiro, um Pano de Prato Bordado pela Dona Terezinha.

Algumas semanas depois, encontramos com essa senhora, que abriu suas portas para nos receber. Na mesma hora, percebemos que, muito além dos seus produtos, aquela longa conversa precisaria ser compartilhada! Daí surgiu a ideia deste post – Mulheres de Minas. Aproveite agora para conhecer um pouco da sua história, das suas recordações e também dos seus projetos.

Conheça a Dona Terezinha

Nascida no interior de Minas, se mudou ainda jovem para Belo Horizonte. Ela conta que naquela época, a Avenida Antônio Carlos ainda não existia e a cidade tinha apenas cinco táxis. Ao longo da vida, morou em diversas cidades de Minas e criou seus três filhos com o dinheiro do artesanato.

Moradora da Lagoinha

Entre a região central de Belo Horizonte e a Pampulha, encontra-se o bairro da Lagoinha, o mais antigo dos bairros “pericentrais” da cidade – aqueles que surgiram fora da Avenida do Contorno, na então área suburbana de BH.

Condominio Lagoinha

Terezinha conta que os imigrantes italianos foram os primeiros a chegar e, como não podiam arcar com o preço das moradias mais centrais, ali se instalavam.

Muitos vieram para a construção da Avenida Antônio Carlos, que depois acabou transformando o bairro de imigrantes, em uma região boêmia.

Durante o período, ergueram um condomínio de casas, situado na Rua Itapecerica, onde Dona Terezinha mora. O simpático condomínio contrasta com seu entorno e conta com aproximadamente 50 pequenas e charmosas residências de estilo europeu.

 

Pano de Prato Bordado da Dona Terezinha

Pano de Prato

A cozinha mineira é, e está cada vez mais, famosa no Brasil e no mundo. A magia da nossa cozinha não vem só das delícias que saem do fogão, mas do cuidado e da forma como decoramos esse lugar sagrado na casa dos mineiros. O pano de prato não podia faltar neste cenário! Foi das mãos de D. Terezinha que saiu esse maravilhoso bordado.

Dona Terezinha e seus planos…

Dona Terezinha tem muita vontade de empreender e de divulgar seu trabalho. Recentemente comprou duas maquinas de costura para dar aulas para os vizinhos. Com a ajuda da filha, pretende criar um site para divulgar suas criações.

Com um sorriso no rosto, Dona Terezinha nos contou que apesar de não entender de informática, comprou um computador e também pretende se associar à Central Mãos de Minas, maior associação de artesãos do Brasil.

De maneira espontânea, ela conta ainda que seu maior sonho é conhecer Cuba! Mas como tem medo de avião, pretende fazer o passeio de navio.

Se você também gostou de conhecer um pouco mais sobre essa Mulher de Minas, compartilhe sua história. Se você conhece outros casos e gostaria de vê-los publicados na Oh!Minas, entre em contato!