Instagram Facebook

Minas além do pão de queijo: Conheça estas opções para seu lanche



Em Minas, puxar uma cadeira e sentar-se à mesa significa comer em abundância. O cheiro de café, o aroma do milho, as delícias doces das compotas caseiras e os tradicionais pratos elaborados com o famoso queijo minas, um dos melhores ingredientes das terras mineiras, sinalizam uma refeição inesquecível. Para isso, não importa o momento: depois de acordar, após o almoço, durante a tarde e até mesmo uma famosa “beliscadinha” antes de dormir. Todo momento é uma bela ocasião para se deliciar com os requintados e deliciosos lanches mineiros.

Pão de Queijo – a cara de Minas

Pão de Queijo – a cara de Minas

Ambrosia

Não dá para falar de uma lista de lanches e quitutes mineiros sem esquecer da famosa ambrosia. Introduzida na nossa terra pelos portugueses, este doce remete ao ambiente de uma fazenda, casa da avó ou de uma costumeira festa junina. A simplicidade de ingredientes, apenas ovos, leite e açúcar, permite o refinamento da sua receita. Aqui, a canela encontra também uma boa oportunidade para intensificar o sabor e apetecer os paladares. Mas nada se compara ao sabor de uma ambrosia caseira e carinhosamente preparada em solos mineiros.

Curau de Milho Verde

O milho é muito apreciado pela culinária mineira. O curau de milho verde ou mingau, é uma das inúmeras opções que os mineiros encontraram para saborear esta iguaria que já se espalhou por todo o país, mas só em Minas é que podemos encontrar o seu sabor tradicional. Leite, milho e açúcar: três ingredientes que, combinados com o tempero das terras mineiras, permitem que esse simples “mingau de milho” se transforme em um dos melhores pratos já degustados.

Bolo de Fubá

Esta aí um ingrediente muito presente nas mesas de Minas: o fubá! Misturado em uma receita de bolo, ele se transforma em um apetitoso lanche. O melhor de tudo é que ele combina com qualquer outro componente tipicamente mineiro. Quem nunca experimentou esse prato junto a uma goiabada, coco ou um saboroso queijo mineiro não sabe o que está perdendo. Outra boa ideia é aguçar o paladar com o bolo de fubá em camadas cremosas. “É bom demais da conta, sô!” é tudo o que você dirá.

Broinha de Fubá

Aproveitando este importante ingrediente da culinária mineira, não dá para faltar na mesa uma broinha de fubá. Esse pequeno pãozinho é um ótimo acompanhante para o café da tarde. Com ingredientes de características simples e um sabor bem suave, ele é facilmente acompanhado por outros quitutes e delícias da culinária mineira. Você ainda pode usar sua criatividade para recheá-lo! Experimente com uma geleia de frutas ou uma manteiga caseira fresca. Não tem como não gostar!

Pão de Torresmo

Sim, existe um prato tipicamente mineiro que une essas duas maravilhas: o sabor de um pão caseiro e macio com todo o sabor de um bom torresmo. Além disso, este prato pode até ganhar ares “gourmet”. Com algumas fatias de queijo, ou qualquer outro recheio que você queira, ele segue na disputa de um dos melhores quitutes mineiros. Se ainda não provou essa grande mistura de sabores, não sabe o “trem bom” que está perdendo!

Pé de Moleque Mineiro

O tradicional doce de amendoim também tem a sua versão Mineira. Aqui ele é feito de forma artesanal e ainda apresenta um sabor irresistível. Com receita simples, composta por açúcar, amendoim, rapadura e leite condensado, esta delícia muito comum nas festas juninas é também sinônimo de interior mineiro. Vale a pena as calorias!

Doce de leite, goiabada, biscoitos de polvilho, doce de abóbora e uma boa pamonha são alguns dos quitutes da região que não foram apresentados na lista, mas que completam as inúmeras opções de lanches típicos que vão muito além do pão de queijo.

E você, já apresentou alguma destas delícias? Qual o seu lanche mineiro preferido? Conte pra gente nos comentários!