Instagram Facebook

Biscoito aperitivo é quitute milenar



Pode ser amanteigado, polvilho, recheado, de nata ou sequinho. Seja no café da manhã, no lanche, como tira-gosto para acompanhar a cerveja ou o refrigerante bem gelado.

Um biscoitinho mineiro é indispensável na hora do lanche

Um biscoitinho mineiro é indispensável na hora do lanche

Um biscoitinho vai bem a qualquer hora. Quem não gosta? São fáceis de carregar, de conservar e te acompanham nos momentos de descanso, trabalho e lazer.

A história deste quitute vem desde a Mesopotânia, de 1700 a 612 a.C, quando eram preparados em vasos de barro. A tradição passou pela Grécia, França, pelo Egito e outros países da Europa até chegar ao Brasil, que apesar de sua história recente na fabricação de biscoitos, já é o segundo maior produtor mundial.

Você não vai resistir a esta delícia, que vem no sabor clássico de cebola com pimenta. Temperadinho, mas bastante suave, sem o ardor da pimenta. Quem não é muito fã da característica picante, também pode comer o biscoito com tranquilidade. Nós garantimos que a experiência será um sucesso!